Inglês - Nivel I a XII

Línguas

Objectivos do Curso

Os cursos de línguas do INEPI estão organizados em níveis (como aliás na generalidade dos institutos de línguas), tendo cada nível uma carga horária de 100 horas (até ao 6º nível).

Os formandos podem frequentar os cursos com o objectivo de simplesmente aprenderem a falar a língua escolhida, ou poderão pretender obter certificações reconhecidas por instituições de referência nessa língua. 

Se o objectivo do formando for apenas aprender a língua, não tendo interesse ou necessidade nas certificações referidas, poderá frequentar os níveis que entenda necessários para os seus objectivos pessoais.

Se pretender fazer os exames que conferem as certificações, então deverá frequentar os níveis necessários para atingir esse objectivo.

No caso do Inglês, as certificações mais comuns são as conferidas pela Universidade de Cambridge, e a IELTS, sendo que os exames dessas certificações são efectuados em Portugal sob responsabilidade do British Council / Instituto Britânico.

As certificações da Universidade de Cambridge são o FCE (First Certificate in English) o CAE (Certificate in Advanced English) e o CPE (Certificate of Proficiency in English)

Mais informações sobre estas certificações e respectivos exames podem ser consultados no site www.britishcouncil.org/pt/portugal.htm.

Presentemente existe também um sistema europeu de referência das competências linguísticas, o denominado Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas.

Este Quadro pretende definir níveis de competência numa determinada língua, em função do domínio de diversos aspectos da mesma (leitura, escrita, compreensão, etc.), possibilitando uma comparabilidade das aptidões dos indivíduos nas diversas línguas.

Tal significa que este modelo faz uma validação de níveis comuns a todas as línguas, ao invés das certificações específicas de cada idioma, não obstante essas certificações por níveis poderem ser equiparadas aos níveis de referência europeus.

Na tabela seguinte pode ver-se a equivalência entre os níveis dos cursos do INEPI, do Quadro Europeu de Referência e das certificações da Universidade de Cambridge:

Nível INEPI

Quadro Europeu de Referência

Certificações Cambridge

Nível I

 

 

Nível II

A1

 

Nível III

A2

 

Nível IV

 

 

Nível V

B1

 

Nível VI

 

 

Nível Exame FCE

B2

FCE1

Nível Exame CAE

C1

CAE2

Nível Exame CPE

C2

CPE3

 

1 – First Certificate in English  2 – Certificate in Advanced English  3 – Certificate of Proficiency in English

Esta tabela serve também como referência base para avaliar o nível dos formandos. Quando um formando se inscreve no INEPI, antes de ser inserido numa turma (portanto, num determinado nível) fará um teste que indicará qual o seu nível de entrada.

Além das formações referentes aos níveis, o INEPI tem cursos específicos de preparação para os respectivos exames.

  • Curso: Inglês - Nivel I a XII
  • Área: Línguas
  • Versão: V.6
Descarregar PDF do curso
Esta formação destina-se a todos os que pretendem uma preparação na língua inglesa, seja numa perspectiva de ganhar somente fluência nesta língua, seja com o objectivo de fazer os exames internacionais que permitem a obtenção de certificações reconhecidas internacionalmente.
Para a frequência desta formação não são exigidos pré-requisitos especiais. Os cursos são abertos a qualquer participante. No entanto, os cursos de línguas estão estruturados por níveis, pelo que o formando terá que realizar um teste de aferição do seu nível, sendo posteriormente integrado numa turma correspondente ao seu nível.
Como é norma nos cursos do INEPI, os formadores conjugam uma relevante formação académica com uma experiência profissional prática e efectiva. Além disso, todos os formadores dos cursos de línguas são têm relevante qualificação e experiência no ensino da mesma.

Cada nível tem uma estrutura linear, sendo ministrado de forma contínua e sequencial.

No final do curso os formandos terão adquirido conhecimentos que lhes permitirão dominar a língua de acordo com os objectivos definidos para o nível que frequentaram. No caso dos níveis de saída para os exames de certificação (FCE, CAE, CPE, ou outros), o formando sairá com a preparação necessária à realização desses exames. Não obstante, recomenda-se a frequência dos pequenos módulos específicos de preparação para os exames, que o INEPI organiza com alguma antecedência relativamente às datas dos exames. Estes módulos permitem ao formando tomar conhecimento com os modelos dos exames, o tipo de questões ou trabalhos exigidos, a gestão do tempo de exame, a resolução de exames anteriores, numa simulação que proporcionará ao formando uma adaptação ao ambiente real que encontrará no dia da prova.
Embora o curso de inglês não proporcione, por si só, uma saída profissional, o domínio desta língua é cada vez mais essencial para o desempenho de grande parte das profissões, seja pela necessidade de comunicação com falantes de outras línguas (mesmo que não anglófonos, o inglês é praticamente uma língua universal), seja pela necessidade de consulta de documentação técnica, normalmente editada em língua inglesa.
No final do curso o formando terá direito a um certificado de formação profissional, nos termos da legislação em vigor. As certificações internacionais são conferidas pelas entidades responsáveis pelos respectivos exames. O curso não confere grau académico.
O curso adopta uma metodologia essencialmente interactiva, dado que o objectivo principal é permitir aos formandos praticarem a aprendizagem da língua. O nosso objectivo é que os formandos se sintam à vontade quando comunicam em inglês e que melhorem as suas capacidades para comunicar de forma eficaz.
O curso decorrerá em sala, com recurso a suportes audiovisuais. Os materiais consumíveis são, em qualquer curso, da responsabilidade dos formandos. No entanto, ao nível de consumíveis, este curso não exigirá o dispêndio de montantes significativos. A bibliografia eventualmente recomendada, ou meios técnicos que o formando possa utilizar na sua vida profissional pós-curso, não são considerados como consumíveis, pelo que o seu custo não é considerado para a estimativa acima referida. Por norma, qualquer documentação fornecida pelo INEPI, para apoio à formação, é disponibilizada em formato digital. Se o formando a pretender na forma impressa (em papel), o custo desse serviço ser-lhe-á debitado.
A avaliação resulta, basicamente, de 2 vertentes: uma, a “avaliação contínua”, põe em equação factos como a assiduidade, pontualidade, participação activa nas aulas, e execução de trabalhos determinados pelos formadores, em aula ou em casa, individuais ou de grupo, consoante o seu próprio critério. Por outro lado, é realizado um teste final escrito que, em conjunto com a avaliação contínua, dará a medida da qualificação atribuída ao aluno no final do curso. Nos cursos de línguas pode também ser realizado um teste final oral. A escala de avaliação utilizada é de 0 a 20.
A duração do curso (isto é, de cada nível) é de 100 horas (aproximadamente 4 meses de duração, nos horários com 6 horas semanais, ou 6 meses nos horários com 4 horas semanais) As condições quanto a horários disponíveis, preços e condições de pagamento são as que, à data, constarem da tabela de condições dos cursos, do INEPI. Esta informação é fornecida directamente pela Secretaria. As condições contratuais são as constantes no Regulamento Interno do INEPI (disponível na Secretaria do INEPI e no site www.inepi.pt).

O INEPI segue o sistema de níveis do Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas, o qual descreve detalhadamente os objectivos que os alunos devem atingir nos vários níveis de forma a utilizarem a língua na sua comunicação.

Assim, recomendamos a consulta do referido Quadro na internet, comparando os níveis deste com os níveis do curso do INEPI, de acordo com a tabela constante no início deste perfil de curso.

Porquê estudar no INEPI

Abrangendo diversas áreas de formação, o INEPI tem das ofertas mais alargadas do mercado, dando especial ênfase às áreas técnicas, sendo esta uma das suas características mais inovadores enquanto entidade formadora.

Trabalhando tanto na vertente de formação de catálogo (também chamada inter-empresas), como na formação por encomenda (intra-empresas), com acções de curta, média e longa duração, o INEPI dispõe de uma estrutura técnica, pedagógica e administrativa que lhe permite dar resposta a todo o tipo de solicitações no âmbito da formação profissional.