Analista Programador de Informática

Informática

Objectivos do Curso

Este curso visa preparar os formandos para uma carreira informática de âmbito empresarial ou como freelancers. O curso encontra-se dividido em três ciclos distintos, embora complementares, que por sua vez são compostos por módulos relacionados entre si. Esta estruturação do curso pretende dotar o formando de conhecimentos quer ao nível da programação de computadores – elemento fundamental de qualquer carreira informática – quer da componente de análise de sistemas, bases de dados, segurança de sistemas, e instalação e administração de redes, que são, presentemente, as grandes áreas de desenvolvimento informático. Assim, o curso compreende em primeiro lugar um ciclo de base direccionado a programação base. Este ciclo será objecto fundamental para outras linguagens e para se perceber efectivamente como funciona a programação em informática. Será então o pilar para os outros ciclos, e tem como módulos: Sistemas Operativos (Linux / Windows Server), Bases de Dados – Access/ SQL Server/ MySQL, Análise e Concepção de Sistemas, Técnicas de Programação e Instalação e Administração de Redes. Os outros dois ciclos estão direcionados para as novas tecnologias de informática no mundo da Internet, e incluem as linguagens de programação mais utilizados atualmente, como sejam: ASP.NET, Java, PHP, HTML, VB.net, C++, C#, programação para Android, e não esquecendo um tópico tão importante hoje em dia como seja a segurança de Sistema.
  • Curso: Analista Programador de Informática
  • Área: Informática
  • Versão: V.11
Descarregar PDF do curso
O curso destina-se a todos os que pretendem iniciar-se no fascinante mundo da programação de computadores, seja de uma forma profissional, ou seja para desenvolver projectos pessoais. Obviamente que este curso, dada a sua abrangência técnica, quer em termos de linguagens de programação, quer noutras vertentes essenciais a qualquer informático (segurança de sistemas, administração de redes) é a ferramenta indicada a quem procura uma formação técnica e essencialmente prática, direccionada às necessidades concretas das empresas, proporcionando assim uma excelente porta de acesso ao mercado de trabalho numa área muito carenciada de técnicos, a nível nacional e internacional, como é a das Tecnologias de Informação e Comunicação.
Para a frequência desta formação não são exigidos pré-requisitos especiais. O curso é aberto a qualquer participante, sendo todavia recomendável ter como base a frequência do ensino secundário, ou pelo menos a escolaridade obrigatória.
Como é norma nos cursos do INEPI, os formadores conjugam uma relevante formação académica com uma experiência profissional prática e efectiva, sendo profissionais da área, com um conhecimento muito directo e prático das necessidades profissionais com que os formandos se confrontarão no mercado de trabalho.

O curso tem uma estrutura modular, funcionando num sistema de módulos agrupados em ciclos.

 

No total, o curso de Analista Programador de Informática tem 3 ciclos, num total de 14 módulos.

 

A estrutura do curso é a seguinte:

 

Ciclo Programação Base – 160 horas

Sistemas Operativos (DOS / Linux / Windows Server).......................... 20 horas

Bases de Dados:  SQL Server/ MySQL................................................ 40 horas

Análise e Concepção de Sistemas..................................................... 40 horas

Técnicas de Programação................................................................. 30 horas

Instalação e Administração de Redes de Computadores ................... 30 horas

 

 

Ciclo Programação I – 160 horas

HTML ................................................................................................ 20 horas

PHP ................................................................................................... 40 horas

Java ................................................................................................... 60 horas

Programação para Android................................................................ 40 horas

 

 

Ciclo Programação II – 160 horas

VB.net ............................................................................................... 40 horas

ASP.net ............................................................................................. 40 horas

C#....................................................................................................... 50 horas

Segurança de Sistemas...................................................................... 30 horas

 

No final do curso os formandos terão adquirido conhecimentos que lhes permitirão desempenhar uma actividade profissional no âmbito da programação de computadores, dominando diversas linguagens de programação, nomeadamente as mais modernas e mais utilizadas na programação para ambientes de internet. Estarão também aptos a realizar a análise e desenho de sistemas informáticos. Dominarão igualmente outras matérias e técnicas complementares à actividade de desenvolvimento informático, mas essências, como seja, por exemplo, a segurança de sistemas e a instalação e administração redes de computadores.
No final do curso, os formandos poderão ingressar em departamentos de desenvolvimento de sistemas de médias e grandes empresas e outras organizações, em software houses, ou serem responsáveis pela área informática de pequenas e médias empresas. Esta é uma área profissional que permite ainda desenvolver um trabalho em regime livre, seja como atividade principal, seja como atividade complementar ao emprego regular. Esta formação pode também adequar-se a quem pretenda, de forma autónoma, desenvolver os seus próprios sistema informáticos. O INEPI tem uma estrutura própria para angariação de estágios (ou emprego) para os formandos, junto de empresas suas clientes, ou outras, sendo que com algumas tem protocolos específicos para este efeito. Sempre que possível, mas sem que tal seja um compromisso efectivo (pois depende da disponibilidade das empresas), o INEPI propiciará a frequência de estágio aos seus formandos.
No final do curso o formando terá direito a um certificado de formação profissional, nos termos da legislação em vigor. O curso não confere grau académico.
O curso adopta, no essencial, uma metodologia fundamentalmente prática, com o recurso a muitos trabalhos práticos de desenvolvimento de software.
O curso decorrerá em sala, com recurso a suportes audiovisuais. As salas são equipadas com rede sem fios de acesso à internet. Os formandos poderão optar entre utilizar o seu próprio computador (é sempre a opção mais recomendável, pois permite trabalhar em casa), ou utilizar os computadores do INEPI. Os materiais consumíveis são, em qualquer curso, da responsabilidade dos formandos. No entanto, neste curso não se prevê a necessidade de consumíveis. A bibliografia eventualmente recomendada, ou meios técnicos que o formando possa utilizar na sua vida profissional pós-curso, não são considerados como consumíveis. Por norma, qualquer documentação fornecida pelo INEPI, para apoio à formação, é disponibilizada em formato digital.
A avaliação deste curso é feita módulo a módulo. Para concluírem o curso com aproveitamento, os formandos deverão obter classificação positiva em todos os módulos. A média final do curso é a média aritmética das notas dos diversos módulos. O critério de avaliação nos módulos tem em conta a avaliação contínua, bem como as notas de trabalhos finais (exames) ou outros que sejam efectuados durante o módulo. São também valorizados factores como a assiduidade, participação nas aulas, execução de trabalhos de rotina, etc. A escala de avaliação utilizada é de 0 a 20.
A duração do curso é de 480 horas (aproximadamente 18 meses de duração efectiva de curso) As condições quanto a horários disponíveis, preços e condições de pagamento são as que, à data, constarem da tabela de condições dos cursos, do INEPI. Esta informação é fornecida directamente pela Secretaria. As condições contratuais são as constantes no Regulamento Interno do INEPI (disponível na Secretaria do INEPI e no site www.inepi.pt).

Ciclo Programação Base – 160 horas

Sistemas Operativos (DOS / Linux / Windows Server).......................... 20 horas

Bases de Dados:  SQL Server/ MySQL................................................ 40 horas

Análise e Concepção de Sistemas..................................................... 40 horas

Técnicas de Programação................................................................. 30 horas

Instalação e Administração de Redes de Computadores ................... 30 horas

 

Ciclo Programação I – 160 horas

HTML ................................................................................................ 20 horas

PHP ................................................................................................... 40 horas

Java ................................................................................................... 60 horas

Programação para Android................................................................ 40 horas

 

Ciclo Programação II – 160 horas

VB.net ............................................................................................... 40 horas

ASP.net ............................................................................................. 40 horas

C#....................................................................................................... 50 horas

Segurança de Sistemas...................................................................... 30 horas

 

 

 

 

MÓDULO – Sistemas Operativos (DOS / Linux / Windows Server)

  1. Sistemas Operativos

 

  1. Dos (comandos mais usados)

 

  1. UNIX (Comandos mais usados)

 

  1. Linux

4.1.Conceitos básicos

4.2.Funcionalidade/ navegação

4.3.Os sistemas de pastas e ficheiros

 

  1. Windows Server

5.1.Conceitos básicos

5.2.Funcionalidade/ navegação

5.3.Os sistemas de pastas e ficheiros

 

MÓDULO – Bases de Dados: SQL Server/ MySQL

1.Criação da base de dados

1.2. Criação das tabelas

1.3. Criação das chaves primárias

1.4. Formulários

1.5. Menus. Painel de Navegação. Operações usuais sobre os dados utilizando as interfaces

1.6. Inserção

1.7. Consulta

1.8. Modificação

 

2. Introdução à linguagem SQL

2.1. O que é a linguagem SQL?

2.2. Breve história da linguagem SQL

2.3. Características da linguagem

 

3. Selecção de Informação de uma Base de Dados

3.1. A instrução SELECT

3.1.1. Selecção de registos

3.1.2. Efectuando projecções

3.1.3. Efectuando restrições

3.1.3.1. A cláusula WHERE

3.1.4. Os operadores relacionais

3.1.5. Os operadores lógicos

3.1.6. Outros operadores

3.1.6.1. O operador BETWEEN

3.1.6.2. O operador IN

3.1.6.3. O operador IS

3.1.6.3.1. A palavra especial NULL

3.1.6.4. O operador LIKE

3.1.6.4.1. Utilização de wildcards

3.1.7. Precedência de operadores

3.1.8. Eliminação de duplicados

3.1.8.1. A palavra especial DISTINCT

3.1.8.2. A palavra especial ALL

 

4. Ordenação de Informação

4.1. Ordenação dos dados por uma coluna

4.2. Ordenação dos dados por várias colunas

4.3. Selecção de expressões

4.4. Ordenação por posição

 

5. Relacionando Informação

5.1. O produto cartesiano entre tabelas

5.2. A operação de INNER JOIN

5.3. A operação de OUTER JOIN

5.4. A operação de UNION

5.5. A operação SELF JOIN

5.6. A operação INTERSECT

5.7. A operação MINUS

 

6. Funções de Agregação

6.1. A função Count

6.2. A função Min

6.3. A função Max

6 .4. A função Sum

6.5. A função Avg

 

7. Agrupando a Informação

7.1. A cláusula GROUP BY

7.2. A cláusula HAVING

7.3. WHERE vs HAVING

7.4. Agrupamentos e o valor NULL

 

8. Manipulação de Registos

8.1. O comando INSERT

8.2. O comando UPDATE

8.3. O comando DELETE

 

9. Manipulação de Bases de Dados e Tabelas

9.1. A instrução CREATE DATABASE

9.2. A instrução DROP DATABASE

9.3. A instrução CREATE TABLE

 

MÓDULO – ANÁLISE E CONCEPÇÃO DE SISTEMAS

1. A modelação visual

1.1. O que é a modelação

1.2. A importância da modelação

1.3. Princípios da modelação

1.4. A modelação orientada por objectos

 

2. Introdução à linguagem de modelação UML

2.1. O que é a linguagem unificada de modelação

2.2. A criação e evolução histórica do UML

2.3. Objectivos do UML

2.4. Utilizações do UML

 

3. Modelação estrutural

3.1. Comportamento do sistema

3.2. Actores

3.3. Casos de uso

3.3.1. Relações dos casos de uso

3.4. Objectos

3.5. Estereótipos e classes

3.6. Relações

3.7. Diagramas de classes

 

4. Modelação comportamental

4.1. Interacção entre objectos

4.2. Diagramas de interacção

4.2.1. Diagramas de sequência

4.2.2. Diagramas de colaboração

4.2.3. Diagramas de actividade

 

5. Modelação arquitectónica

5.1. Componentes e interfaces

5.2. Diagramas de componentes

5.3. Diagramas de deployment

5.4. Padrões e frameworks

 

MÓDULO – TÉCNICAS DE PROGRAMAÇÃO
1. Fluxograma


2. Linguagem Algorítmica

 
3. Ambiente Para Escrever Algoritmos

 
4. Funcionamento Do Computador


5. Estruturas Chaves Da Construção De Algoritmos


6. Sequenciação
6.1. Decisão Ou Selecção
6.2. Repetição Ou Iteração

  1. Variáveis


8. Constantes


9. Tipos De Dados 

  1. Expressões Aritméticas 
  2. Operadores Aritméticos 
    11.1. Prioridade 

12. Expressões Lógicas 
12.1. Operadores Relacionais 
12.2. Operadores Lógicos 
12.3. Prioridade 

13. Ciclos
13.1. If-Then-Else
13.2. Case-Of
13.3. While-Do
13.4. Repeat-Until

MÓDULO – Instalação e Administração de Redes de Computadores

1. Introdução

1.1. Evolução histórica

1.2 Conceito de Redes

1.3. Necessidades de redes de computadores

1.4. Vantagens das redes de computadores

 

2. Utilizações das redes de computadores

2.1. Redes corporativas

2.2. Redes para pessoas

2.3. Questões sociais

 

3. Classificação das redes de computadores

3.1. Classificação das redes segundo a dimensão

3.1.1. Redes locais (LAN)

3.1.2. Redes metropolitanas (MAN)

3.1.3. Redes geograficamente distribuídas (WAN)

3.2. Classificação das redes segundo a tecnologia de transmissão

3.2.1. Redes ponto-a-ponto

3.2.2. Redes de difusão

 

4. Topologias de redes

4.1. Bus

4.2. Estrela

4.3. Anel

4.4. Mesh

4.5. Star-Ring

4.6. Star-Bus

4.7. Hybrid Mesh

5. Orientação de uma rede

 

6. Modelos e referência

6.1. O modelo de referência OSI

6.2. O modelo de referência TCP/ IP

7. Meios de transmissão

7.1 Cablagem

7.2. Meio magnéticos

7.3. Par entrelaçado

7.4. Fibra óptica

 

8. Protocolos

 

9. Router, Hub, Modem

 

10. Domain Name Server

 

11. Planejar uma rede

11.1. Criar uma rede

11.2. Simular uma rede

11.3. Prática: Criar a cablagem e desenho da rede

11.4. Partilha

11.5. Domínios

 

 

MÓDULO – PROGRAMAÇÃO  HTML
1. Introdução à Internet e à World Wide Web

 

2. Servidores de Web e http

 

3. Os browsers e a linguagem Html

 

4. Introdução à linguagem Html

4.1. Criação de um documento em Html

4.2. Etiquetas

4.3. Estrutura básica de um documento

4.3.1. Secções

 

5. Formatação de documentos

5.1. Cabeçalhos

5.2. Parágrafos

5.3. Estilos

5.4. Cores

 

6. Ligações

6.1. URLs

6.2. O que são Uniform Resource Locators

6.3. Criação de um URL

6.4. Os diferentes serviços URL

6.4.1. Email

6.4.2. Ftp

6.4.3. News

6.4.4. Telnet

6.5. Âncoras

 

7. Imagens

7.1. Os diferentes formatos de imagens

7.1.1. Gif

7.1.2. Jpeg

7.2. Inserção de imagens num documento

7.3. Posicionamento de imagens

7.4. Imagens com ligações

7.5. Imagens de fundo

 

8. Listas

8.1. Listas ordenadas

8.2. Listas não-ordenadas

8.3. Glossários

 

9. Tabelas

9.1. Criação de tabelas

9.2. Definição de linhas e colunas

 

10. Formulários

10.1. Introdução

10.2. Componentes de um formulário

10.3. Envio de dados

 

 

 

 

MÓDULO – PHP

1. Introdução

Client-Side Scripts

Server-Side Scripts

 

2. O Que É Php, O Que Se Pode Fazer E Como Surgiu?

 

3. Enviar Dados Para O Servidor Http

O Método Get 

Headers

O Método Post 

Utilizando Get E Post 

 

4. Formulários Html

Definindo Um Formulário 

A Tag <Input>

Campo De Texto

Campo De Texto Com Máscara 

Checkbox 

Radio Button

Submit Button

Reset Button

Button 

Textarea

Select

Upload De Arquivos 

 

5. Instalação E Configuração Em Ambiente Windows

 

6. Servidor Apache

 

7. Php 

 

8.Mysql

Strrev

Strtolower

Strtoupper

Ucfirst

Ucwords

Str_Replace

 

9.Funções Diversas

Chr 

Ord 

Echo 

Print 

Strlen

 

10. Funções Para Tratamento De Arrays 

 

11. Funções Genéricas 

Array 

Range 

Shuffle.

Sizeof

 

12.Funções De “Navegação”

Reset 

End 

Next 

Prev 

Pos 

Key 

Each 

 

13.Funções De Ordenação

Sort

Rsort 

Asort

Arsort 

Ksort

Usort

Uasort 

Uksort 

 

14. Tipos Suportados Pelo Mysql

Numéricos 

Data E Hora

Strings 

 

15. Realizar Consultas

 

16. Utilizar Headers

 

17. Utilizar Cookies

O Que São 

Gravar Cookies

Ler Cookies Gravados

 

18. Manipulando Arquivos

 

19. Funções Relacionadas A Html 

Htmlspecialchars

Htmlentities. 

Nl2br

Get_Meta_Tags 

Strip_Tags 

Urlencode 

Urldecode

 

20. Funções Relacionadas A Arrays

Implode E Join

Split 

Explode

 

21. Comparações Entre Strings

Similar_Text 

Strcasecmp

Strcmp

Strstr 

Stristr

Strpos

Strrpos 

 

22. Funções Para Edição De Strings

Chop 

Ltrim 

Argumentos Com Valores Pré-Definidos (Default)

 

23. Variáveis E Constantes 

Declaração De Uma Variável 

O Modificador Static 

Variáveis Variáveis 

Variáveis Enviadas Pelo Navegador 

Urlencode.

Utilizando Arrays 

Variáveis De Ambiente 

Verificando O Tipo De Uma Variável

Verificar Se Uma Variável Possui Um Valor

A Função Isset

A Função Empty

Constantes Pré-Definidas 

Definindo Constantes

 

24. Classes E Objectos

 

25. Noções De Sql

 

26. Aceder Ao Mysql Via Php

Estabelecer Conexões 

Seleccionando A Base De Dados 

Realizar Consultas

Apagando O Resultado 

Número De Linhas

Utilizando Os Resultados

Alterando O Ponteiro De Um Resultado

 

27. Aceder Ao Postgresql Via Php

 

28. Separador De Instruções

 

29. Nomes De Variáveis

 

30. Comentários 

Comentários De Uma Linha 

Comentários De Mais De Uma Linha

 

31. Imprimindo Código Html

 

32. Tipos

Tipos Suportados 

Inteiros (Integer Ou Long)

Números Em Ponto Flutuante (Double Ou Float)

Strings 

Arrays

Listas

Objetos

Booleanos

Transformação De Tipos 

Coerções

Transformação Explícita De Tipos

Com A Função Settype

33. Operadores

Aritméticos 

De Strings 

De Atribuição

Bit A Bit 

Lógicos 

Comparação

Expressão Condicional 

De Incremento E Decremento

 

34. Estruturas De Controle

Blocos 

Comandos De Seleção

Comandos De Repetição 

Quebra De Fluxo 

 

 

MÓDULO – PROGRAMAÇÃO EM JAVA

1. Introdução à programação em Java

1.1. A linguagem Java

1.2. Características da linguagem

1.3. Compiladores de Java

1.3.1. O Java Development Kit

1.3.2. O Visual J++

1.4. Escrita de um programa em Java

1.5. Compilação

 

2. Fundamentos da linguagem Java

2.1. Tipos de dados primitivos

2.2. Variáveis

2.3. Palavras reservadas

2.4. Literais

2.5. Comentários

2.6. Expressões

2.7. Operadores

2.7.1. Operadores aritméticos

2.7.2. Operadores relacionais

2.7.3. Operadores lógicos

2.7.4. Operadores de atribuição

2.7.5. Precedência de operadores

2.8. Conversão de tipos

 

3. Controlo do fluxo de código

3.1. Instruções condicionais

3.1.1. If Else

3.1.2. If Else If

3.1.3. Switch

3.2. Instruções Repetitivas

3.2.1. Do While

3.2.2. While

3.2.3. For

3.3. Instruções de controlo de processamento

3.3.1. Break

3.3.2. Continue

 

4. Vectores

4.1. Declaração

4.2. Criação

4.2.1. O operador New

4.3. Inicialização

4.4. Vectores bidimensionais

4.5. Vectores multidimensionais

 

5. Classes e objectos

5.1. Java e a programação orientada por objectos

5.2. Classes

5.3. Objectos

5.4. Construtores

5.5. Métodos

 

6. Herança

6.1. O conceito de herança

6.2. Criação de uma subclasse

6.3. Anulação de métodos

6.4. Modificadores de acesso

6.5. Classes abstractas

6.6. A palavra reservada final

 

7. Interfaces

7.1. A herança múltipla

7.2. Criação de interfaces

7.3. Implementação de interfaces

7.4. Utilização de múltiplas interfaces

 

8. Excepções

8.1. try, catch e finally

8.2. Utilização de excepções

8.3. Criação de excepções

 

9. Packages

9.1. Utilização de packages

9.2. Criação de packages

9.3. Algumas packages da linguagem Java

 

10. Input/Ouput

10.1. Definição de canal

10.2. Canais de bytes

10.3. Canais de caracteres

10.4. Canais com filtros

 

11. Applets

11.1. O que são Applets

11.2. Integração de applets em páginas da web

11.3. O ciclo de vida de uma applet

11.4. Gráficos

11.5. Fontes

11.6. Cores

 

 

MÓDULO – PROGRAMAÇÃO PARA ANDROID

 

  1. Introdução à plataforma Android
  2. Visão geral de uma aplicação Android
  3. Layouts e Widgets
  4. Intents
  5. Persistência de dados
  6. Conetividade (integração com Webservices)
  7. Threads e Aync Tasks
  8. Services e BroadcastReceivers
  9. Notificações
  10. Mapas e GPS
  11. Multimedia (câmara, áudio e vídeo)
  12. AppWidgets
  13. Criação de uma aplicação e publicação no Market
  14. WebApps com WebView
  15. Sensor
  16. Bluetooth
  17. Gráficos e animações
  18. Monitorização com Ads
  19. Tracking com Flurry

 

 

MÓDULO – VB.NET

1. Introdução ao Visual Basic. NET

2. Estudo do framework

3. O IDE

4. Tipos de projecto

5. Leitura e escrita de dados

6. Variáveis

7. Estruturas de decisão

8. Estruturas iterativas

9. Operadores aritméticos, relacionais e lógicos

10. Estruturas de decisão

11. Estruturas iterativas

12. Operadores aritméticos, relacionais e lógicos

13. Estudo dos componentes da linguagem: objectos, propriedades, eventos e métodos

14. Forms

15. Estudo das propriedades e métodos de objectos: Button, TextBox, CheckBox, ListBox, etc.

16. Caixas de diálogo

17. Programação de eventos

18. Menus

19. Arquitectura do .NET Framework

20. Vectores (matrizes)

21. Captura de erros – Excepções

22. Funções e procedimentos – argumentos, sobrecarga (overload), polimorfismo e encapsulamento

23. Validação de campos: técnicas e exemplos

24. Leitura/ Escrita em ficheiros

25. Programação orientada a objectos

26. Herança

 

 

MÓDULO – ASP.NET

1. Visão geral da Microsoft. NET Framework

2. Utilização do Mircosoft Visual Studio.Net

3. As linguagens Microsoft. Net

4. Criação de uma Web Form ASP.NET 

5. Adicção de código 

6. Tracing 

7. Validação de Inputs

8. Users Controls

9. Acesso a dados 

10. Escrever e ler dados XML 

11. Criação e consumo de Web Services XML 

12. Configuração, optimização, e instalação de uma aplicação Web ASP.NET

13. Securização de uma aplicação Web ASP.NET

 

 

MÓDULO – C#

1 – Introdução

- Plataforma .NET

- Framework.NET

- Principais características.

 

2 – Ambientes de Desenvolvimento

- Visual Studio

- Estrutura de uma aplicação

 

3 – Tipos de Dados / Operadores

- Variáveis

- Enumeradores

- Arrays

- Operadores Aritméticos

- Operadores Relacionais

- Operadores Lógicos

 Criação de casos práticos

4 – Controlo de fluxo / Tratamento de erros

- for

- while, do…while

- if

- switch

- try…catch

 

Programar uma aplicação

5 – Arrays

- Arrays Unidimensionais

- Arrays Multidimensionais

- Arrays Jagged

 

6 – Classes e Métodos

- Classes

- Classes abstractas

- Herança

- Metodos

- Sobrecarga de métodos

 

7 – Polimorfismo

- Overriding de Métodos

 

8 – Exceptions

- Exceptions

 

 

 

 

 

 

MÓDULO – SEGURANÇA DE SISTEMAS

1. Introdução à Segurança Informática

1.1. As diversas áreas da segurança informática

1.2. A importância da segurança da informação

1.3. Quem são as entidades que ameaçam um sistema?

1.4. Necessidades de Segurança

1.5. Os principais alvos

1.6. Técnicas utilizadas

 

2. Vírus

2.1. O que é um vírus?

2.2. O porquê da existência dos vírus

2.3. O modo de funcionamento dos vírus

2.4. Tipos de vírus

2.5. Protecção contra vírus

 

3. Protecção do PC

3.1. Protecção do BIOS

3.2. Protecção do sistema operativo

3.3. Protecção do screen saver

Porquê estudar no INEPI

Abrangendo diversas áreas de formação, o INEPI tem das ofertas mais alargadas do mercado, dando especial ênfase às áreas técnicas, sendo esta uma das suas características mais inovadores enquanto entidade formadora.

Trabalhando tanto na vertente de formação de catálogo (também chamada inter-empresas), como na formação por encomenda (intra-empresas), com acções de curta, média e longa duração, o INEPI dispõe de uma estrutura técnica, pedagógica e administrativa que lhe permite dar resposta a todo o tipo de solicitações no âmbito da formação profissional.