Elaboração e Gestão de Projectos de Investimento

Gestão, Contabilidade e Financeira

Objectivos do Curso

Este curso visa dotar os participantes dos conhecimentos técnicos necessários ao estudo, implementação e execução de projectos de investimento, nas suas diversas vertentes.
  • Curso: Elaboração e Gestão de Projectos de Investimento
  • Área: Ambiente e Energias Renováveis
  • Versão: V.2
Solicitar mais informação Inscrever-me no curso Descarregar PDF do curso
Esta formação destina-se essencialmente a quem pretenda lançar-se num projecto empresarial, necessitando de dominar o planeamento e a execução de um projecto de investimento, seja para o executar directamente (gestão directa), seja para poder acompanhar o projectos de uma forma externa (acompanhamento de gestão), mas em permanente diálogo com os executores do projecto. Esta formação pode também interessar a todos aqueles que ocupem lugares de gestão intermédia ou de topo, e que, dentro das suas organizações (empresariais ou de outro tipo) pretendam acompanhar projectos de investimento em novos sectores, produtos ou serviços. Esta formação é igualmente útil e necessária a quem pretenda apresentar o seu projecto de investimento junto de um financiador, seja ele um banco, uma entidade pública, ou outro qualquer tipo de instituição.
Para a frequência desta formação não são exigidos pré-requisitos especiais, sendo no entanto recomendável ter alguma experiência, ainda que limitada ou empírica, da realidade empresarial.
Como é norma nos cursos do INEPI, os formadores conjugam uma relevante formação académica com uma experiência profissional prática e efectiva, sendo profissionais da área, com um conhecimento muito directo e prático das necessidades profissionais com que os formandos se confrontarão no mercado de trabalho.

O curso tem uma estrutura linear, sendo ministrado de forma contínua e sequencial.

No final do curso os formandos terão adquirido conhecimentos que lhes permitirão identificar todos os requisitos necessários a um projecto de investimento, conhecer as técnicas para realizar a gestão do projecto, bem como dominar as diversas variáveis inerentes a um trabalho deste tipo.
Este curso visa essencialmente um up grade de qualificações para profissionais que assumem já cargos de responsabilidade em empresas ou outro tipo de organizações. Visa também dotar potenciais empresários, ou mesmo pessoas já com empresas estabelecidas, dos conhecimentos necessários para lançarem um projectos empresarial de raiz, ou um novo projecto de expansão nas suas empresas. Neste sentido, as saídas profissionais são mais no âmbito de uma evolução de carreira, ou numa perspectiva de empreendadorismo pessoal. Não obstante, este curso pode também qualificar técnicos para acompanhamento de projectos de grande dimensão, onde sejam necessários profissionais para acompanharem áreas muitos específicas e segmentadas dos projectos.
No final do curso o formando terá direito a um certificado de formação profissional, nos termos da legislação em vigor. O curso não confere grau académico.
O curso adopta tanto uma metodologia expositiva, como uma metodologia prática, com o recurso à realização de trabalhos práticos e casos de estudo.
O curso decorrerá em sala, com recurso a suportes audiovisuais. Os materiais consumíveis, quando necessários, são da responsabilidade dos formandos. Por norma, qualquer documentação fornecida pelo INEPI, para apoio à formação, é disponibilizada em formato digital. Se o formando a pretender na forma impressa (em papel), o custo desse serviço ser-lhe-á debitado.
As acções de curta duração do INEPI não têm, no geral, uma avaliação excessivamente formal. A escala de avaliação utilizada é de 0 a 20.
A duração do curso é de 50 horas. As condições quanto a horários disponíveis, preços e condições de pagamento são as que, à data, constarem da tabela de condições dos cursos, do INEPI. Esta informação é fornecida directamente pela Secretaria. As condições contratuais são as constantes no Regulamento Interno do INEPI (disponível na Secretaria do INEPI e no site www.inepi.com.pt).

A.  Introdução: Desenvolvimento socio-económico e projectos de investimento     

 

  1. B.    Identificação e preparação dos projectos

 

 

  1. 1.    Ciclo de projecto: Resumo Geral

-       Noção Geral de ciclo de projecto

-       Especificidade do ciclo de projecto de investimento

-       Estudo de caso e/ou exercício.

 

  1. Identificação dos projectos

-    Estudo dos recursos disponíveis

-       Necessidades tecnológicas

-       Tecnologias apropriadas

-       Estudo de caso e/ou exercícios

 

  1. 3.    Pré-avaliação dos projectos propostos

-       Processo de diagnóstico e de selecção dos projectos

-       Vantagens e inconveniências desses procedimentos

-       Estudo de casos e/ou exercícios

-         

Avaliação dos projectos de investimento

 

  1. 1.    Avaliação dos projectos

-       As necessidades de avaliação

-       Os diferentes métodos de avaliação

-       Os diferentes aspectos de avaliação: sectorial, económico,

                                             financeiro, gestão, técnico, etc...

                                       -     Execução do projecto

-       Exercício e/ou estudos de casos

 

  1. 2.    Análise do mercado

-       Avaliação da oferta e da procura

-       As diferentes estratégias do marketing

-       Estudo de casos e/ou exercícios

 

3. Análise técnica

-       Diferentes elementos da análise técnica

-       Conceito de tecnologia apropriada

-       Procedimentos de produção (Know-how)

-       Infra-estrutura e imputs: check-list, designação, capacidades de       

                                             selecção, etc...      

-       Estudo de casos e/ou exercícios

 

 

Análise financeira

 

  1. 1.    Custo do capital e plano de financiamento

-       Estimativa do custo

-       Necessidades de financiamento/de fundos de maneio

-       Plano de financiamento

-       Estudo de casos e/ou exercícios

 

  1. 2.    Os estados financeiros e análise de racios

-       Conta de resultados

-       Tabela de recursos e empregos

-       Balanço

-       Racios de liquidez e de endividamento

-       Racios de eficiência

-       Racio de rentabilidade

-       Estudo de caso e/ou exercícios

 

  1. 3.    Rendimentos e custo operacional

-       Estimativa dos rendimentos e do custo operacional

-       Determinação da margem beneficiária

-       Estudo de caso e/ou exercícios

 

  1. 4.    Ponto morto e análise de sensibilidade

-       Gráfica

-       Ponto morto

-       Análise do ponto morto

-       Análise de sensibilidade

-       Índice de rentabilidade

-       Índice de liquidez

-       Índice de solvabilidade

-       Outros instrumentos de medida de eficiência do projecto

-       Estudos de caso e/ou exercícios

-        

  1. 5.   Cash flow

-       Métodos de cash-flow actualizados

-       Determinação do cash-flow

-       Estudo de cash-flow

-       Estudo de caso e/ou exercícios

 

  1. 6.    Critérios qualitativos de decisão e problemas financeiros

-       Período de reembolso

-       Taxa de rendimento interna

-       Valor actual líquido

-       Análise de risco

-       Causas controláveis e causas incontroláveis

-       Aumento de custos

-       Inflação

-       Métodos de minimização da incidência de problemas

                                             financeiros sobre a realização do projecto  

-       Estudo de caso e/ou exercícios

 

 

2. Calculo de taxa de rendimento económico:

 

-       Determinação do custo de vencimento

-       Determinação do custo de funcionamento

-       Determinação dos benefícios do projecto

 

  1. 3.    Questões relativas aos preços de referência

 

  1. 4.    Estudo de caso e/ou exercícios

 

Análise de gestão

 

  1. 1.    Avaliação da gestão

-      Avaliação das competências técnicas da empresa encarregue de executar o projecto

                                           -    Organigrama da empresa

-       Recrutamento

 

Métodos e Instrumentos de melhoramento da gestão

-       Formação

-       Assistência técnica e supervisão

-       Execução e seguimento

-       Factores socioculturais

 

  1. 2.    Estudo de caso e/ou exercícios

 

Realização/execução do projecto

 

  1. O órgão de execução
  2. Disposições relativas à realização
  3. Programa de realização
  4. Estudo de caso e/ou exercícios

 

 

Porquê estudar no INEPI

Abrangendo diversas áreas de formação, o INEPI tem das ofertas mais alargadas do mercado, dando especial ênfase às áreas técnicas, sendo esta uma das suas características mais inovadores enquanto entidade formadora.

Trabalhando tanto na vertente de formação de catálogo (também chamada inter-empresas), como na formação por encomenda (intra-empresas), com acções de curta, média e longa duração, o INEPI dispõe de uma estrutura técnica, pedagógica e administrativa que lhe permite dar resposta a todo o tipo de solicitações no âmbito da formação profissional.